quarta-feira, 4 de junho de 2008



Um Anjo

Edilene Santos

Um anjo subia pela alameda dos sonhos

Levava uma estrela

E uma caixinha de surpresas.

De repente ele viu

Um menino tristonho

Bateu asas e surgiu

Um acalento pro seu sono

Dentro da noite estrelada

Anjo e menino se abraçaram

E a caixinha foi deixada.

Estava cheia de sonhos

E de estrelas prateadas

Cheia de surpresas coloridas

E alegrias imaginadas.

Pela manhã o menino risonho

Abriu a janela de mansinho

E jura ter visto através do sol

Seu anjo virar passarinho.

0 comentários:

Coisinhas do blog

Tecnologia do Blogger.